Home O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato Links
Simesp
Área do Médico

Associe-se Atualize seus dados Faqs Boleto Online Certidão de Quitação
Comunicação
 


   Editoria: De: Até:    

18/04/2017
Estudantes da USP dos cursos de medicina, fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional paralisam as atividades amanhã, 19
No mesmo dia também haverá grande ato pelo Hospital Universitário da USP das 17h às 19h com expectativa de público de 400 pessoas

SIMESP
Por uma assistência de excelência à população e por uma educação pública e de qualidade no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (HU-USP), estudantes de medicina, fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional paralisam as atividades amanhã, 19. No mesmo dia, acontecerá um grande ato das 17h às 19h, em frente ao HU. A expectativa é que compareçam mais de 400 pessoas. Neste mesmo dia e local, às 14h, haverá uma mesa de debates para os profissionais exporem as situações precárias enfrentadas no hospital.

A mobilização é organizada pelo Centro Acadêmico Oswaldo Cruz (CAOC) - medicina, Centro Acadêmico XXV de Janeiro - odontologia, Centro Acadêmico Trinta e Um de Outubro – Enfermagem e Diretório Central dos Estudantes da USP (DCE-Livre), além de contar com o apoio do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), o Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), o Fórum Popular de Saúde e estudantes de demais áreas e funcionários do HU.

“Esse movimento tem dois fatores principais. O primeiro é voltado ao ensino, já que o Hospital Universitário é um campo de prática essencial para o aprendizado. O outro ponto é a população da Zona Oeste de São Paulo, que sem o HU ficaria desamparada”, explica Maria Luiza Corullon, estudante de medicina membro do CAOC e uma das lideranças do movimento.

De acordo com informações do movimento, desde 2014, a reitoria ameaça desvincular o hospital da universidade, culpando-o pela crise orçamentária. De acordo com Gerson Salvador, diretor do Simesp e médico do HU, o Hospital enfrenta a pior crise de todos os tempos, tendo uma redução de 25% dos leitos. “Há muitos leitos fechados devido à falta de profissionais, que vem aumentando desde a implantação do Projeto de Incentivo a Demissão Voluntária, instituído pela reitoria”, explica.

O Pronto Atendimento da Pediatria, por exemplo, foi fechado durante a noite, sendo só aberto para casos referenciados. Tal decisão, tomada em decorrência de uma impossibilidade de manter o atendimento, traz inúmeros prejuízos para a população da região, que depende em grande parte do hospital universitário. Além disso, o ensino de alunos de vários cursos está prejudicado.

Sobre o HU-USP
O Hospital Universitário da USP surgiu em 1981 da necessidade de um hospital-escola que formasse médicos generalistas e da necessidade da população do Butantã por um hospital de média complexidade, já que não havia um serviço na região capaz de suprir a demanda de saúde. Atualmente, o HU recebe 2.430 alunos todos os anos, tanto da graduação quanto da pós-graduação, provenientes de sete faculdades diferentes. Além disso, o HU é para a população da região oeste: é o único hospital secundário a que podem recorrer quando precisam. Essa é uma função essencial do hospital, pois se trata da retribuição social da USP pelo investimento da população na educação pública de qualidade, cumprindo o pilar da extensão que compõe o tripé da universidade.


Siga-nos

Fan page: https://www.facebook.com/simespmedicos

Youtube: https://www.youtube.com/simespmedicos



Voltar



O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato     Links
- Diretoria
- Regionais
- Estatuto
- Processo Eleitoral
- Perguntas frequentes (FAQ)
- Associe-se
- Atualize seus dados
- Assessoria Jurídica
- Processos online
- Campanhas Salariais
- Convenções Coletivas
- Cálculo de I.R.
- Homologação
- Banco de Empregos Médicos
- Banco de Imóveis da Saúde
- Mural de Devedores
- Simesp+
- Tipos de Contribuição
- Calendário de Cobrança
- Boleto Online
- Certidão de Quitação
- TV Simesp
- Revista DR!
- Jornal do Simesp
- Simesp Esclarece
- Movimento Médico
- Simesp na Midia
- Cultura e Arte

Sede: Rua Maria Paula, 78 - 1º ao 4º Andar | São Paulo - SP | Cep: 01319-000 | Fone: (11) 3292-9147 - | Fax: (11) 3107-0819